terça-feira, Novembro 11, 2014

Vamos lá.....outra vez.....

Pois é meus amigos, parece que eu voltei às andadas loucas....dois anos depois da ultima publicação tenho de anunciar que já sou especialista em cirurgia geral oeeeeeeeeeeeeeeee. Mas passando desse tema, dizer que já voltei a estar sem namorada uma vez mais....esta vez a insegurança e a falta de anel levaram a melhor.....o desço de conhecer o desconhecido também falou bastante alto.....veio o primeiro affair.....depois outro.....outro.....e uns quantos mais que se poderiam propiciar não fora minha cabeça voltar a olhar para trás......porque há pessoas que não nos adaptamos ao que a normalidade ou maioria das pessoas faz?!?! seria tudo tão simples......casamento, casa bonita, bom carro, filhos.....(essa é a parte que tenho mais pena de não viver....). Passo os dias a olhar para as minhas vistas de casa, uma casa sem paredes (assim é como explico às miúdas paras as tentar engatar) só com vidros em frente a um rio.....mostro a primeira foto.....e paffffffff rendidas a meus pés.....ou talvez não....talvez esse magnetismo material venha a desaparecer com o tempo....neste momento a minha cabeça é um turbilhão de sentimentos e de angustias....que fazer da minha vida....optar pela loucura desenfreada do conhecimento de varias mulheres, ou preferir o conforto e carinho de uma companheira.....parece que com os adjetivos defino ou configuro a reposta....mas tal não é assim....a falta de vida ou de disfrutar dela podem comungo....a lujuria e gasto apoderaram-se de mim....a única coisa que tento fazer bem é meu trabalho...mas logo chego a casa e tudo muda....Tinder, Luxy, whatsapp....tudo vale para esconder a solidão que sinto.....cada dia que passo sinto-me mais sozinho....e preocupa-me porque parece que cada vez gosto mais de estar assim....sem ter de dar explicações a ninguém.....vamos lá outra vez.....a tentar levantar esse animo....

quarta-feira, Agosto 01, 2012

Nós homens......e o fio dental....

Bem...já há muito que por cá não aparecia, no entanto estes últimos meses têm sido um turbilhão de ideias desenfreadas....para ser mais preciso....mais do que várias ideias é só uma ideia a que me passa pela cabeça mais de mil vezes ao dia....e tem a ver mais ou menos com a monogamia.....pelo que já devem estar a pensar "o que é que o titulo tem a ver com isto?"....pois se calhar até não tem muito.....mas foi a visão de vários fios dentais, que passeia o género feminino, estes dias aqui na praia da cabana do pescador (Costa da Caparica) que me deu a ideia para escrever sobre aquilo que mais me atormenta nestes últimos meses....aproveito para explicar que não estou em Espanha, porque estou cá de férias, e nada melhor que férias aqui nas praias da Costa com a bela da chinela no pé a ir para a praia desta gente dita "fashion" mas que de "fashion" têm pouco...menos claro está, a bela da menina com o fio dental. Bem...já chega de perder-me, porque perdido já eu ando... No entanto passo a explicar aquilo que me sucede a mim, e creio que a 95% dos homens heterossexuais.....quando chegamos a esta idade pecaminosa dos 30 (eu já tenho 31) começamos a assustar-nos um pouco....sobretudo quando somos solteiros ou meio solteiros....passamos a ter algum dinheiro, a vida corre-nos até mais ou menos bem, fora alguma ou outra paixão não correspondida, e começamos a dar ao sexo feminino uma certa sensação de maduros, o que nos converte, às vezes, em pessoas interessantes e até com algum charme. Isso não teria problema nenhum, não fosse o facto de nós começarmos a perceber que isso pode ser assim...Para além disso habituamos-nos a estar sós.....o sexo oposto, com esta idade, não entra bem na mesma linha, pelo qual, quando o homem conquista a sua mulher (sim, eu ainda acho que somos os homens quem conquistamos as mulheres) as intenções são geralmente diferentes.....ele não quer nada e ela quer tudo......se calhar estou a exagerar, mas também não faz mal....ele quer querer algo, mas não quer aquilo que ela quer.....ou mais bem....ele quer querer-la, mas também quer querer outras......ou melhor.....ele gosta muito dela ao inicio mas pouco tempo depois começa a ficar assustado...."será que esta é definitiva?" " e aquela que no outro dia me agregou ao facebook, o que é que eu faço?".... Nós homens somos uns medricas, temos medo ao compromisso....não porque o compromisso seja duro, e filhos, e sogros e tal...não não não....mas sim pela ideia de que aquela pode ser a definitiva (estou a falar dos homens com consciência, os que a têm mais baixa não entram neste grupo e assumem directamente a infidelidade...estou a falar dos fieis). Nós somos puro instinto, somos hormonas, testoesterona, somos descarados..... Ando na praia e não posso deixar de fantasiar com aquilo que vejo, é impossível, supera-me, adoro o que vejo e sonho com o que queria que me acontecesse naquele preciso instante.....as mulheres estarão a pensar no depravados ou tarados que somos, mas somos assim, não podemos fugir a isso, é a nossa natureza....é mais, eu não quero perder esse instinto...apesar de reconhecer que me faz viver mais angustiado por ver tudo aquilo que desejo e não posso ter...mas enfim.....es que son todas tan guapas!!!!! Há uma semana dou por mim a falar com um colega sobre as nossas actuais relações...ambos estamos insatisfeitos, elas não nos enchem completamente....e perguntamos a nós mesmos se isso existe para um homem......em que ponto do nosso crescimento ficámos parados e não queremos dar mais passos.....ou será que isto é o que nos exige a sociedade? ou será que alguns de nós não estamos programados geneticamente para assumir essas coisas definitivas....não sabemos responder às perguntas...a única coisa que sabemos é que temos medo a não estar a tomar a decisão certa, porque elas até são boas pessoas, são bonitas, sexualmente bem....então que merda é que queremos????seremos assim porque procuramos a perfeição em tudo na vida e também com aquela que será a nossa companheira de viagem? enfim....não sabemos...acredito que grande parte dos homens, casados ou a ponto de se casar, ou solteiros, vivem com esta angustia....estaremos nós sem "valores"? serão esses "valores" normas de orientação para viver uma vida com menos angustia ou mais reprimida???? que merda.....oh meninas façam lá o favor de não trazer fio dental à praia ou se o fizerem, sejam simpáticas e quando virem um rapaz bonito como eu na praia venham ter comigo, metam conversa, e digam-me que também estão sozinhas e que só queriam um amigo para conversar ali na praia........ PD: perceberam alguma coisa??? PD2: meninas não se chateiam, não é machismo nem tretas desse género....é instinto....

sexta-feira, Março 30, 2012

sabeis lo que duele un pinchazo???


Es verdad...me estoy pinchando....me pincho todos los dias a las 22h00......ahi está mi dosis de heparina.....cuando el cuerpo ya no tiene juicio son las cosas que pueden pasar...gran parte de mi semana se basa en un momento de una hora, que es el partido de liga de fútbol, de mi equipo de barrio sevillano....encaro estos partidos como si fuera mi escape....es una hora donde me pelo no solo mismo sino que termino gritando a todo el mundo...de vez en cuando, al darme cuenta de mi comportamiento de histeria, paro, y a partir de entonces empiezo a disfrutar...no sé que me ocurre....pero la verdad es que esto es lo que se produce en mi....lo que no esperaba que ocurriera fue lo de este miércoles...estaba corriendo para un balón, y de repente el tiempo se paró, tuve una de esas imágenes en cámara lenta.....sentia cada movimiento de mi pie y de mi tobillo....noté como el tobillo derecho chocava contra el suelo...mientras el pie se metia para el lado, haciendo un angulo de 90 grados con el resto de la pierna....al mismo tiempo escucho un sonido, que parecia eterno...acompañando al sonido, una sensación de arrancamento lento y desde atrás hacia delante de todos los ligamentos del tobillo......el dolor más fuerte que jamás he sentido se apodera de mi tobillo.....caigo al suelo medio nauseado y con un dolor intenso....sé de qué se trata de inmediato....grito pero me contengo....sé que me seguirá doliendo....sé o quiero creer que es un esguince.....miro el pie y o veo deformidad....no creo que tenga fractura....pero los ligamentos se han ido al garete....en 3 a 5 minutos mi tobillo aumenta en 4 veces su tamaño normal.....en esto momento pienso en todo lo que me quedará para trás en las próximas semanas......estar vivo tiene de estas cosas....pero no os podeis imaginar como duele la heparina.....ofu.....

sábado, Março 17, 2012

O regresso....uma vez mais

Pois é. Parece que mais uma vez é o blog onde me tenho de dirigir para resolver esta angustia essencial que teima em perseguir-me de forma incansável durante estes anos.....a fuga das mulheres da minha vida...todas passam por aqui dizem que agora já não é como ao principio, que agora já não lhe digo o que dizia antes, que só penso nas minhas coisas, que não tenho paciência para as escutar quando ao inicio queria saber tudo delas....e o mais triste é eu saber que tudo isso vai acontecendo e fico à espera que me mandem dar uma volta para depois isolar-me na mais pura das penas tentando ser uma vitima do destino que eu próprio vou criando....até o meu pai me diz para ter juízo " ouve lá já tens 30 anos, não achas que já é altura de começar a ceder e deixar de fazer só o que tu queres?"....até fico de boca aberta..... Passo os dias a abrir e fechar barrigas, a tentar resolver os desperfeitos da condição humana, cuidando os pre y postoperatorios ao detalhe, aguento pressão de um tratamento nas minhas mãos, os olhares de duvida das famílias.......ou às vezes de alegria e incentivo para continuar...e depois na minha vida não sou capaz de ser constante e manter um interesse continuo por alguém.....penso que gostaria de ser mais normal....mas sou mais um homem cheio de instintos onde o único que nos move é mais uma conquista para depois esquecer quem era essa conquista....lamentável....alguns dizem " não te preocupes que o dia que tiveres que encontrar a pessoa certa vai ser diferente!"..... O que eles não percebem é que o diferente aqui sou eu...e essas normas prestablecidas têm pouca aplicação no meu caso....espero poder continuar a fazer algo bem pelo menos no trabalho porque de resto.......ofu q post mais tremendo....

terça-feira, Novembro 30, 2010

Is anybody out there

Chamada para o bip durante um banco de cirurgia: temos aqui uma mulher de 42 anos, com dor abdominal intenso, pensamos que possa ser uma hernia abdominal estrangulada....mas é demasiado grande e não entendemos bem o quadro clinico.......estranho.....já vou para baixo......quando chegamos a baixo, vejo a cara de espanto de todos os médicos de urgencias, a olhar para uma radiografia no computador.....via-se uma radiografia de abdomen ocupada......estava ocupada por algo com columna vertebral, cabeça, mãos e pés....era um bébe....o que era uma dor abdominal transformou-se num enorme espanto para todos....sobretudo para a mãe da criança, que jurava que não podia estar grávida....que isso era engano....era tal engano que ao fim de 40 minutos estavam-lhe a rebentar as águas e, poucos minutos depois, tinha o puto cá fora.....ela jurava que não sabia.....pois....agora já sabe......bebé para adopção.......a tal dor de barriga tão intensa, era já alguém lá de dentro a preguntar : "Is anybody out there?"


segunda-feira, Novembro 22, 2010

por falar demais....

Finais de Outubro.....esse dia tinha hotel, comida e cama grátis....ou seja, estava de banco....São 7 da tarde.... a tarde está tranquila, ainda não apareceram muitos meninos para suturar....faltam poucos dias para acabar a minha rotação por cirurgia pediátrica......nisto que toca o telefone....8 anos.....no nariz?......lápis? não percebo nada.....vou para baixo ver isso... Levanto o auscultador da sala de espera, ponho a minha voz grossa em tom, e toca de chamar o menino X, para a consulta de Traumatologia..... então pá, que é que te aconteceu?......e nisto que o menino X, começa a falar sem parar, a descrever pormenorizadamente todo o trajecto do dia de hoje, até chegar ao hospital, sendo que pelo meio tinha enfiando a ponta de um lápis entre o olho e o nariz.....deixa lá ver isso.....lá me pus com cara de interessado a olhar para o miúdo......tinha uma ferida insignificante.....menos de 1 mm....não era preciso suturar nada......no entanto, com a minha mão que lhe tocava à volta do pescoço para o suster.....eis que toco em algo duro......era um tubo fino, por debaixo da pele, que vinha desde a zona do crâneo, passava pelo pescoço, depois dirigia-se por debaixo da pele até chegar à zona abdominal (barriga).....era uma via de derivação crâneo-abdominal....pergunto à mãe se tinha tido hidrocefalia....responde que sim, ao nascer.....e como está? ela responde que tem algumas lacunas mas é um menino muito inteligente....o miúdo era simpático, e era sábado, e eu estava aborrecido....não tinha muitas coisas por fazer, e eis que de forma espontânea eu e o miúdo nos pomos na conversa....mais ele que eu....mas eu seguia as dicas dele, e todos ali nos íamos rindo com a espontaneidade daquela criatura.....de repente, olha para mim muito sério e diz........."ouve lá, tu porquê é que tens o nariz tão grande?"......filho da mãe do puto,....se te apanho........nisto que desatam enfermeiras a rir, eu rio também, a mãe corada de vergonha.....enfim......as coisas que passam com os miúdos.....e continua......."sabes, eu tenho aqui este tubo que vai desde a minha cabeça até à barriga...mas o teu nariz???porquê é tão grande????.......eu ria, mas ao mesmo tempo pensava que ai estava um pequeno milagre....da medicina?......de alguém lá de cima?....quem sabe......

sábado, Novembro 20, 2010

el blog......y los niños

a veces me apetece escribir en portugues, otras en español....enfin....depende de lo rapido que se me vaya la mano sobre las teclas de mi portatil......esto no lo lee nadie....es la ventaja......hago lo que me apetece sin preocuparme de nada....hay cosas que no dejan de sorprenderme.....el otro dia por ejemplo, estaba yo de guardia de cirugia pediátrica.....llevaba mas de un mes y medio viendo los mayores dramas familiares, pequeñas criaturas con enfermedades monstruosas.....cuando me enteraba de que nacia un niño sano en el hospital, me parecia una suerte, las estadisticas para mi habian cambiando, creia que nacian mas niños enfermos que sanos....enfin...el caso....me llaman a las 23h30 a la puerta de urgencias para suturar otra herida en la cara de un niño....cuando voy saliendo de la habitación, me encuentro en medio del pasillo a un hombre de unos 30 y pocos años, con una cara de intranquilidad, pero animado...al lado suyo iba una niña de unos 3 años, un poco mas alta que la rodilla de ese padre...era rubita, de ojos azules......por uno de los brazos llevaba una aguja, conectada a un suero, colgando de un palo del tamañno del padre....por la nariz le salia otro tubo que le aportaba una alimentación, que colgaba al lado del suero....y por la cabeza le salia otro tubito muy fino, hacia la barriga......esta imagen me impacto......pero no por la cantidad de goma que rodeaba a la niña y toda una historia de enfermedad que seguramente preocuparia enormente, dia y noche, a sus padres. Lo que me impactó...fue esa niña rubita, de poco mas de 70 cm de altura, rubita, ojos azules, una sonrisa, con un osito que le pendia de la mano sin vias o gomas......llevaba una mochilita a la espalda, donde cargaba los demás juguetes....miraba al padre, sintiendo en esa figura su aliado y portector......la niña vio de frente a un tio de 1,88,m con bata blanca......mira y sonrie.....sigue jugueteando con el padre y el osito.....nos decimos buenas noches...los cruzo......doy unos pasos y miro pa atras...veo a esa niña rubita caminando junto al padre y dandole la mano.....miro otra vez en frente y ...........las lagrimas me caen de forma inmediata......
Mesothelioma
Mesothelioma Counter Stats
cruises
cruises Counter